O fantasma continua vivo, mas não o de 1950

Comentarios
Texto de: Enrique Bayer

Os franceses conseguiram classificação para as quartas de final da Copa do Mundo, 2 a 0 sobre a seleção da Nigéria. Com isso, os Bleus são a única seleção que já derrotou o Brasil em finais de Copa que segue viva nessa edição do torneio.

Contudo, a classificação dos europeus não foi fácil. Parece que Benzema e companhia esqueceram o bom futebol das duas primeiras apresentações lá na primeira fase. A “culpa” dessa má apresentação, pelo menos para os palpiteiros das redes sociais, é do centro-avante Giroud.

É evidente que o jogador do Arsenal não consegue acompanhar a velocidade e não tem a mesma habilidade de companheiros de seleção, como Valbuena, por exemplo. No entanto, o sufoco dos franceses também pode ser atribuído a uma atuação acima do esperado por parte dos nigerianos.

Enyeama parou boas investidas dos Bleus, primeiro com Pogba aos 21 minutos. O volante da Juventus tabelou com Valbuena e recebeu cruzamento próximo à marca do pênalti para o voleio, o 0 a 0 não saiu do placar por pouco. Dez minutos depois, Debuchy esteve perto de marcar mais uma vez para os franceses, contra-ataque e chute pra fora.

As chances criadas pelos franceses ainda mostram que o time de Deschamps segue atacando em bloco, como fez nas primeiras partidas, mas os europeus parecem ter diminuído a intensidade (em relação ao jogo contra a Suíça por exemplo) e chegam menos vezes ao ataque.

Os africanos, jogando sempre pelos lados, levaram mais perigo à meta de Lloris no segundo tempo, principalmente com Odemwingie, que tentava chutes de longa distância. Aos 18 minutos da etapa complementar o nigeriano obrigou o goleiro francês a fazer boa defesa numa dessas jogadas.

Aos 24, Benzema, num lance de talento individual ganhou da zaga e finalizou na saída do goleiro, que ainda desviou a bola. Moses salvou em cima da linha o primeiro gol dos Bleus, que viria em seguida, mas não sem esforço. Cabaye carimbou a trave aos 31 do segundo tempo depois de confusão na área.

Aos 34, Enyeama, de boa atuação até então, saiu mal em cobrança de escanteio e Pogba não perdoou, 1 a 0 e caminho para a classificação aberto. Já nos acréscimos Valbuena cruzou e Yobo, em bola disputada com Griezmann, desviou para o fundo das redes, 2 a 0. Os Bleus enfrentarão a Alemanha nas quartas.


Pogba comemora o primeiro gol do jogo (Foto: Ivan Pacheco/Veja.com)

#Compartilhar: Facebook Twitter Google+ Linkedin Technorati Digg

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.